Como resolvi um dilema de organização

Nunca me considerei uma pessoa muito disciplinada e confesso que carrego algumas consequências disso até hoje. Distrações, falta de foco e um planejamento meia boca sempre foram meus maiores problemas na vida pessoal e, principalmente, nas tarefas profissionais que eu precisava fazer. Nunca consegui usar agendas, elas acabavam incompletas e moravam sempre no fundo da bolsa, esquecidas. Aplicativos de celular, menos ainda! E olha que já passei por vários, sempre na esperança de conseguir cumprir o que eu precisava.

Então comecei a pesquisar sobre os famosos planners, que estão sendo muito usados e elogiados por aí. Vi alguns modelos, a grande maioria era muito cara ou não combinava com os meus objetivos. Pra ser bem sincera, todos os planners que eu encontrava eram extremamente coloridos ou vinham com a proposta de se tornar um painel de colagem a cada dia. E isso não se encaixava com o que eu estava procurando. Não tenho muita paciência para ficar deixando tudo bonitinho e, das duas, uma: ou eu iria perder muito tempo com adesivos, canetas coloridas, post-it, washi tapes e outras mil opções bacanas que os fornecedores de planners normalmente propõem; ou eu ficaria frustrada por não deixar meu caderninho lindo e fofo, como era a proposta dele.

Pensando nisso, resolvi botar a mão na massa. Não queria só uma agenda, não queria aplicativos, não queria nada muito “visualmente poluído”. Queria algo simples e funcional. Ultimamente eu estava usando as notas autoadesivas do próprio notebook para fazer uma lista de tarefas do dia e isso, por incrível que pareça, vinha me ajudando bastante. Mas como trabalho com artesanato, nem sempre ligo o computador logo de manhã. Resumindo: nos dias em que as coisas a serem feitas não estavam relacionadas com o computador, minha vida era uma bagunça. Eu também sentia falta de um planejamento a longo prazo, como um calendário mensal em que eu pudesse anotar compromissos importantes com poucas palavras. Também gostaria de visualizar rapidamente o que tinha que ser feito de mais importante nas semanas de cada mês.

Como você já deve ter percebido, idealizei e confeccionei um planner que atendesse a essas minhas necessidades. Mas como eu não sou a diferentona que tem essas prioridades na hora de se organizar, imagino que muita gente também se adapte ao mesmo tipo de organização que o meu.

Então chega de blá blá blá e vamos ao que interessa: como é essa belezinha por dentro.

Na ordem:
1. Capa personalizada, revestida com tecido e com o nome da pessoa e/ou empresa – opcional;
2. Folha de rosto com estampa bonitinha (e feita por mim) – opcional;
3. Folha com informações pessoais;
4. Folha de anotações gerais;
5. Calendário 2016;
6. Calendário 2017;
7. Folhas para anotação de senhas;
8. Calendário para planejamento mensal;
9. Planejamento financeiro do mês;
10. Planejamento semanal, enfatizando o principal objetivo do mês;
11. Folhas de planejamento diário, contendo:
– Espaço para preencher a data e dia da semana;
– Espaço para tarefas do dia com caixa para “ok”, caso tenha cumprido a tarefa;
– Espaço para anotar possíveis respostas de pessoas/empresas que você esteja esperando;
– Espaço para controle de atividade física diária, com caixa para especificar qual atividade e qual a duração da atividade.
– Caixa para anotações gerais, como o telefone da empresa que você achou na internet, um número de protocolo que você vai precisar, etc.

Agora, vamos às fotos!

 

Ele é bem prático para mim e cumpre todas as minhas necessidades relacionadas a planejamento e organização, já que foi feito sob medida, rs. Costumo abrir de manhã, ainda na mesa do café, e anotar as tarefas que eu tenho que realizar ao longo do dia. Conforme vou cumprindo, dou o “ok” em cada tarefa. Caso surja algo que precise ser feito, por exemplo, daqui a dois dias, eu simplesmente já preencho com a tarefa no dia em questão, antes que eu esqueça!

E por falar em esquecer, já ia me esquecendo do seu presente! Já que o assunto é organização e planejamento, vou disponibilizar para você o download de uma tabela de planejamento mensal e semanal, que eu uso paralelamente ao planner. Esse eu gosto de deixar sempre à vista, colado na porta.

BAIXE A TABELA DE PLANEJAMENTO!

O arquivo é grande e eu sugiro que você mande imprimir em um vinil (que pode ser adesivo ou não). Aí é só escrever com uma caneta de quadro branco e apagar sempre que precisar. Esse é o modo como eu uso, mas você pode imprimir em tamanho menor, em folha de sulfite ou do jeito que você quiser! Além desse planejamento mensal e semanal, há três campos para escrever as tarefas a fazer, as que estão sendo feitas e as que já foram concluídas. O ideal é colar post-its nessa parte, mas você pode usar as canetas para quadro branco que também funciona! A diagramação da tabela é assim (mas para baixar você deve clicar no botão acima):

TABELA_PLANEJAMENTO2

 

Só uma última coisa: o planner vai estar disponível na lojinha, sim ou claro? Lá estarão todas as informações para você poder comprar e personalizar a capa, caso queira! Então não perde nossa inauguração na próxima quarta, dia 24/02!
Espero que goste!

 

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu carrinho ainda está vazioVoltar à loja