26/06/2023

Por que não consigo manter a disciplina na utilização do meu planner? Descubra agora!

Por que não consigo manter a disciplina na utilização do meu planner? Descubra agora!

 

Se você é uma daquelas pessoas que compra um planner todos os anos com o objetivo de se organizar, mas acaba desistindo depois de algumas semanas ou meses, saiba que você não está sozinho. 

 

Muitas pessoas têm dificuldade em manter a disciplina na utilização do planner, o que pode acabar gerando uma enorme frustração e afetando a produtividade e auto confiança.

 

Neste artigo, vamos explorar os motivos pelos quais isso acontece e como superar esses obstáculos. Se você quer aprender a tirar o máximo proveito do seu planner e utilizá-lo de forma consistente para aumentar sua produtividade e organização, este artigo é pra você!

1 - Você está usando o planner errado

Um dos motivos pelos quais você pode não estar conseguindo manter a disciplina na utilização do seu planner é porque está usando o modelo errado para o seu momento de vida. 

 

Existem diversos tipos de planners disponíveis no mercado, desde os mais simples aos mais complexos, e pode ser que você esteja usando um modelo que não se encaixe no seu estilo de trabalho ou na sua rotina. 

 

 É importante encontrar um planner que se adapte ao seu estilo de vida e às suas necessidades, que ofereça exatamente os recursos que você precisa e te ajude a se organizar ao invés de te confundir ainda mais.

 

Ao escolher um planner, evite se deixar apenas pela beleza da capa ou das páginas. Embora o design seja importante, a funcionalidade e praticidade devem ser os principais critérios na hora da escolha.

 

Certifique-se de que o planner oferece espaço suficiente para anotar suas tarefas e compromissos, tem um layout intuitivo e fácil de usar, e inclui recursos verdadeiramente úteis para você e sua rotina. 

 

2 - Você está organizando as tarefas da forma errada

Outro motivo pelo qual você pode estar enfrentando dificuldades para manter a disciplina na utilização do planner é porque está organizando as tarefas da forma errada. 

 

A falta de uma metodologia na organização das tarefas pode acabar resultando em uma sensação de sobrecarga e desorganização, o que pode resultar no abandono do planner.

 

No artigo anterior nós falamos sobre como usar o planner semanal e ensinamos o passo a passo para organizar as tarefas da forma correta que consiste em 4 passos.

 

O primeiro é a separação de compromissos e tarefas, já que ambos são coisas distintas. 

Em seguida, ensinamos como listar as tarefas e classificá-las pelo grau de importância e urgência. 

O terceiro passo é a distribuição das tarefas ao longo da semana, levando em consideração a disponibilidade de tempo entre os compromissos e o tempo necessário para a realização de cada uma delas.

 

Por fim, o quarto passo é a revisão constante do planner. É importante reservar um tempo diário ou semanal para revisar o planner e verificar se as tarefas e compromissos estão sendo cumpridos de acordo com o planejado. 

 

Isso ajuda a manter a disciplina na utilização do planner e a garantir que todas as atividades sejam realizadas de forma eficiente e organizada.

 

3 - Você não estabelece prazos realistas

Outro motivo pelo qual você pode não estar conseguindo manter a disciplina na utilização do seu planner é porque não estabelece prazos realistas para as suas tarefas e metas. 

 

Isso pode ser evitado ao seguir o passo a passo que citamos anteriormente para planejar as suas tarefas de forma eficaz. 

 

Ao separar as tarefas por prioridade, organizar a sua lista de afazeres de forma clara e distribuir as atividades de forma equilibrada ao longo da semana, você consegue definir prazos realistas para cada tarefa e garantir que elas sejam concluídas dentro do prazo estabelecido.

 

Lembre-se de que, ao definir prazos realistas, você não está apenas estabelecendo um compromisso consigo mesmo, mas também está demonstrando respeito pelo seu tempo e pelas suas responsabilidades. 

 

Ao cumprir os prazos estabelecidos, você aumenta a sua confiança e a sua autoestima, o que pode ter um impacto positivo em todas as áreas da sua vida.

4 - Você esquece de revisar o planner

A maioria das pessoas já deve ter passado pela experiência de planejar algo e, depois, esquecer completamente do planejamento. Isso é muito comum quando se trata de usar um planner. Algumas pessoas até conseguem montar um bom planejamento, mas acabam esquecendo de revisá-lo posteriormente.

 

A verdade é que de nada adianta ter um planner completo e bem organizado se você não tiver o hábito de revisá-lo e atualizá-lo frequentemente.

 

Uma das melhores maneiras de evitar esse problema é definir uma rotina para revisar o seu planner. Escolha um momento do dia ou da semana que seja conveniente para você e que permita que você dedique alguns minutos para verificar o seu planner, fazer atualizações e ajustes necessários.

 

Outra dica é utilizar lembretes para ajudá-lo a se lembrar de revisar o seu planner. Isso pode ser feito por meio de alarmes no celular ou com os famosos post its.

Conclusão

A utilização de um planner pode ser extremamente benéfica para manter a organização e a disciplina na realização das tarefas do dia a dia. No entanto, para que essa ferramenta seja efetiva, é necessário escolher o tipo de planner adequado, organizá-lo de forma correta, definir prazos realistas, revisá-lo constantemente e fazer ajustes quando necessário.

 

Cada pessoa tem um estilo de vida e rotina diferente, portanto, é importante encontrar um método de utilização do planner que se adapte às suas necessidades e funcione de maneira consistente. 

 

Com um pouco de dedicação e disciplina, é possível transformar o planner em uma ferramenta poderosa para aumentar a produtividade e alcançar os objetivos pessoais e profissionais!