12/07/2023

5 dicas simples e práticas para pôr em ação e evitar a procrastinação!

Quem aí nunca procrastinou uma tarefa ou projeto importante e depois se viu em desespero? A procrastinação - o ato de adiar ou postergar tarefas importantes muitas vezes substituindo-as por atividades menos relevantes ou mesmo não fazendo nada - é a maior vilã da produtividade.
 

Como é fácil de prever, a procrastinação gera diversas consequências negativas, como atrasos, estresse e insatisfação pessoal. Felizmente, existem estratégias eficazes para evitá-la e aumentar a produtividade. Neste artigo, discutiremos cinco dicas importantes que podem ajudá-la nesse processo!

Aprenda a hierarquizar tarefas


 


Muitas vezes, procrastinamos porque nos sentimos sobrecarregados com uma longa lista de tarefas a realizar, portanto, aprender a hierarquizar tarefas é o primeiro e mais essencial para evitar a procrastinação. 
 

Para começar, é importante identificar quais tarefas têm prazos definidos ou consequências significativas em caso de atraso. Isso pode incluir prazos de entrega de projetos, compromissos com clientes ou obrigações pessoais. Essas tarefas devem ser priorizadas e realizadas de acordo com suas respectivas urgências.
 

Uma técnica útil para hierarquizar tarefas é a matriz de Eisenhower, também conhecida como matriz de urgência-importância. Essa matriz divide as tarefas em quatro categorias:
 

  1. Tarefas importantes e urgentes: são as tarefas que exigem atenção imediata e têm um impacto significativo em seus objetivos. Elas devem ser tratadas prioritariamente.

  2. Tarefas importantes, mas não urgentes: são as tarefas que contribuem para seus objetivos de longo prazo, mas não têm um prazo iminente. Essas tarefas devem ser agendadas e realizadas em um momento adequado, para evitar que se tornem urgentes no futuro.

  3. Tarefas urgentes, mas não importantes: são as tarefas que exigem atenção imediata, mas têm pouco ou nenhum impacto em seus objetivos. Essas tarefas devem ser delegadas ou eliminadas, se possível, para liberar tempo e energia para as tarefas mais importantes.

  4. Tarefas não urgentes e não importantes: são as tarefas que não têm um prazo iminente e também não contribuem significativamente para seus objetivos. Essas tarefas devem ser evitadas ou minimizadas, pois representam uma distração desnecessária

 

Ao hierarquizar suas tarefas pelo grau de urgência, complexidade e o impacto em sua rotina você colherá os benefícios de uma maior produtividade e realização.

Descubra seus melhores horários


Descobrir seus melhores horários é outro passo fundamental para reduzir a procrastinação e aumentar a produtividade.
 

Basicamente, é preciso se auto observar e identificar em quais momentos do dia você se sente mais enérgica e concentrada. 
 

Uma vez que você tenha identificado seus melhores horários, crie uma rotina personalizada que aproveite melhor esses horários.
 

Por exemplo, se você descobriu que é mais produtivo e concentrado pela noite, reserve esse período para as tarefas mais desafiadoras ou que requerem maior foco. 
 

Ao criar uma rotina personalizada que aproveita seus melhores horários, você estará aumentando sua eficiência e minimizando as chances de procrastinação. Aproveite ao máximo seu tempo de maior energia e criatividade para realizar tarefas importantes e buscar seu crescimento pessoal.

Esqueça o relógio


 


Quando se trata de procrastinação, uma das armadilhas mais comuns é ficar constantemente preocupada com o tempo. 
 

Ficar obcecada com o relógio pode gerar ansiedade e distração, tornando mais difícil concentrar-se nas tarefas. Isso não significa que devemos ignorar prazos ou negligenciar a gestão do tempo, mas sim mudar nossa mentalidade em relação ao tempo.
 

Uma estratégia eficaz é quebrar as tarefas em blocos de trabalho menores. Em vez de nos preocuparmos com o tempo total necessário para concluir uma tarefa, focamos em trabalhar produtivamente em cada bloco de trabalho.
 

Esse método, também conhecido como Pomodoro, envolve dividir o trabalho em blocos de tempo específicos, geralmente de 25 minutos, seguidos por breves pausas de 5 minutos. 
 

Após completar quatro blocos de trabalho, é recomendado fazer uma pausa mais longa, de cerca de 15 a 30 minutos. À medida que você progride de bloco em bloco, a sensação de realização e progresso contínuo o motiva a continuar avançando.
 

É importante ressaltar que o método Pomodoro não é uma abordagem universalmente aplicável a todas as pessoas. Algumas pessoas podem preferir blocos de tempo diferentes ou pausas mais longas. 
 

A chave é experimentar e encontrar o ritmo que funcione melhor para você, tornando a técnica uma ferramenta eficaz e personalizada para combater a procrastinação.

Elimine as distrações

 

E por falar em foco, eliminar as distrações é outro aspecto fundamental para evitar a procrastinação. 
 

A disponibilidade constante de dispositivos eletrônicos, redes sociais e outras distrações online pode facilmente desviar nossa atenção e nos levar a procrastinar.
 

Para combater esse problema, é importante identificar as principais fontes de distração em seu ambiente de trabalho ou estudo e tomar medidas para minimizá-las. Aqui estão algumas estratégias eficazes para isso:
 

  1. Desligue notificações: As notificações constantes em seu smartphone, tablet ou computador podem interromper seu fluxo de trabalho e fazer com que você perca o foco. Desative as notificações desnecessárias ou coloque seu dispositivo em modo silencioso durante períodos de concentração intensa.

  2. Defina limites de tempo para o uso de redes sociais: As redes sociais são uma das principais causas de distração nos dias de hoje. Estabeleça horários específicos para verificar suas contas de mídia social e evite acessá-las durante os períodos de trabalho ou estudo concentrado.

  3. Crie um ambiente de trabalho livre de distrações: Organize seu espaço de trabalho de forma a minimizar possíveis distrações. Mantenha seu ambiente limpo e livre de objetos que possam desviar sua atenção. Além disso, evite ter abas de navegadores abertas ou aplicativos desnecessários em seu computador enquanto trabalha em tarefas importantes.

Cerque-se de bons conteúdos

Cercar-se de bons conteúdos é uma forma de alimentar sua mente com informações relevantes e inspiradoras. Isso cria um ambiente propício para a motivação e ajuda a impulsionar a sua produtividade.
 

Escreva post its com mensagens de motivação, frases e citações inspiradoras e cole-os em locais visíveis, como sua mesa de trabalho ou monitor do computador.
 

Além disso, outra maneira de se cercar de bons conteúdos é criar uma lista de reprodução de músicas energizantes ou motivadoras. A música tem o poder de afetar nosso estado de espírito e nos energizar e ao escolher músicas que aumentam sua motivação, você pode criar um ambiente propício para o foco e a produtividade.
 

Por fim, lembre-se de que o ambiente físico também desempenha um papel importante na sua produtividade. Mantenha seu espaço de trabalho organizado e livre de distrações. Decore-o com itens que o inspirem, como fotografias, obras de arte ou objetos que simbolizem seus objetivos.